A obra parte de um elemento singelo, um ringlete, brinquedo de vento que decido semear numa paisagem como se fosse uma flor. Foram necessários 400 para realizar a intervenção. Esta intervenção me interessou desde o ponto de vista pictórico e sobretudo desde a possibilidade de criar uma paisagem sonora.


A paisagem é um tema que abordei desde faz um tempo atrás, partindo do sentido romântico e retomando a noção do belo na arte. Minha reflexão sobre a paisagem se remete à contemplação e a problematizar a noção mesma do lugar como um reconhecimento de afetos e elementos sensíveis que transformam o espaço. Desta forma, ponho em evidência que é a presença de um sentimento a que faz possível a existência da paisagem.

Paisagem Sonora
Da série Paisagem não é o que vemos, é o que sentimos...
Video projeção
Dimensões variáveis
Duração: 25 min.
2011

Câmera: José Domingo Garzón
Produção: Ximena Velásquez
Assistente de produção: Laura Duque


Trabalho vencedor Bolsa de circulação IDARTES 2012. Mostra indivual espaço Art Nexus, Bogotá 2012 e na Sala de Projectos Universidade dos Andes, Bogotá 2011. Mostra coletiva na FIAC Internacional da Arte de Manizales, Colombia, 2017, VI Bienal de professores do Departamento de Artes. Universidade Javeriana, Colombia -Espaço LIA, 2013.