Desolações é uma série fotográfica que deriva do trabalho "As três vigílias" realizado em 2019, uma performance de vídeo onde uma mulher interage com três cadeiras, que foram modificadas em tamanho e removidas do contexto cotidiano. Os inusitados pés compridos das cadeiras e as torções dos encostos transformam o objeto cotidiano em escultural.  Na obra desolações a figura feminina e o ambiente são cercados por uma atmosfera de solidão e abandono. O registro fotográfico é transformado digitalmente para evocar um tempo distante, quase perdido na imaginação, entre a memória e a ficção.